domingo, 14 de outubro de 2012

tua mão!


(...)
Nunca senti bater o meu coração
Como senti ao sentir a tua mão
(...)


Ana Moura
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...