É como se a gente não soubesse pra que lado foi a vida, porque tanta solidão...



Lenine

*Triste, mas tão Lenine!
4 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!