sexta-feira, 7 de setembro de 2012

tem um violão que é pras noites de lua...


nos finais de tarde,
aquieto-me com meus versos,
e em silêncio amo-te.



António Carlos Menezes
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...