"Haverá ainda, no mundo, coisas tão simples e tão puras como a água bebida na concha das mãos."


Mário Quintana
5 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!