Eu quero morar no mar, talvez eu possa me encontrar...


Por isso eu digo que eu não sou daqui: eu não consigo me adaptar. Tanta conversa furada, tanta pressa por nada. Milhares de olhares julgando todo mundo, a energia negativa predomina em quase tudo. Eu não quero viver pensando no pior. E quando eu digo que eu não sou daqui, eu não estou tentando ignorar os problemas que estão em minha volta, e nem tentando do peso me livrar. Mas estive pensando em viajar (…) Respirar um novo ar. (…) Não quero parar de viajar e de conhecer as pessoas. Eu quero morar no mar, talvez eu possa me encontrar...



Igor Manauê
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!