este é tempo de divisas


este é tempo de partido,
tempo de homens partidos.[...]
este é tempo de divisas,
tempo de gente cortada.
de mãos viajando sem braços,
obscenos gestos avulsos.



Carlos Drummond de Andrade
3 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!