terça-feira, 7 de agosto de 2012


Há quantos anos me sento a ver o mar?
Amor sem falhas.




Casimiro de Brito


Saudades do mar!
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...