Estou matutando aqui, pensando em escrever algo que possa penetrar nessa rede de fios e chegar até você em segundos, que possa transmitir sentimento, alegria, doçura, algo especial... Que seria interessante guardar aqui, como um relicário. Busquei em um dos meus escritores prediletos algumas palavras para exprimir, em parte, o que sinto por você,nesse momento... Mas que senti no passado do ontem e sentirei no futuro de amanhã: "Estou te querendo muito bem neste minuto. Tinha vontade que você estivesse aqui e eu pudesse te mostrar muitas coisas, grandes, pequenas, e sem nenhuma importância, algumas". 




Caio Fernando Abreu
3 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!