domingo, 1 de julho de 2012

teus lábios labirintos, mordem meu sossego (...)


no teu rosto
competem mil madrugadas

nos teus lábios
a raiz do sangue
...procura suas pétalas

a tua beleza
é essa luta de sombras
é o sobressalto da luz
num tremor de água
é a boca da paixão
mordendo o meu sossego



Mia Couto
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...