Tenho candor por bobagens.


                 Quando eu crescer vou ficar criança.


                                        

Manoel de Barros


**Desculpa a ausência! Ainda com problemas na internet =(
***Obrigada pela companhia 
6 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!