segunda-feira, 9 de julho de 2012


tão manso é o LAGO dos teus olhos
que temo avançar a mão


cortar as águas
e semear o espanto


na descoberta
da minha sede antiga.




Ana Paula Tavares
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...