"OUVE como o silêncio 

Se fEz de repente 

Para o nOssO amOr".





Vinicius de Moraes
7 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!