quinta-feira, 5 de julho de 2012

de uma 'dor'


aqui, onde a brancura
dum lenço é a brancura do infortúnio,

aqui a solidão
não brilha, apenas
se estorce.

a fome fala através das feridas




Luís Miguel Nava

*Não é meu estado de espírito... Mas achei dolorosamente lindo!
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...