"Uma alegria que era o avesso daquela que tinham me treinado para sentir."



Caio Fernando de Abreu
7 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!