Pedras, o que me espanta
Não é que tenhais resistido

Por tanto tempo a tanto vento e a neve tanta:

Pois não vos tinham construído
Para arrostar nesta colina

O inverno e o vento desabrido?

Meu espanto é que suportais,
Sem vos gastardes, nossos olhos,
Nossos olhos mortais.





Archibald Mcleish


*Frio demais: sensação de -9 graus hoje! 
Mas na alma: é verão! Agradecida pelas bençãos que tem acontecido... 
**Obrigada pelo carinho de Vocês... Ainda estou arrumando a net. Bjkas
15 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!