Não serve de nada correr,
É preciso partir 
No momento próprio.


Jean de La Fontaine
24 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!