domingo, 17 de junho de 2012

leva-me!


na outra margem da noite
o amor é possível

leva-me!

leva-me entre as doces substâncias
que morrem cada dia na tua memória


Alejandra Pizarnik
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...