Lembra o tempo que você sentia, e sentir era a forma mais sábia de saber, e você nem sabia?



Alice Ruiz
10 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!