terça-feira, 3 de abril de 2012


A verdade, a verdade temível, é esta:
Hora a hora resvalo de mim-próprio. Transbordo.
Como sofro...




Mário de Sá-Carneiro
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...