domingo, 29 de abril de 2012



Uma fogueira é sempre uma celebração 
Entre o ar e outra matéria.


Vem. Vamos arder nos braços um do outro. 


Depois, as cinzas hão-de espalhar-se 
Pela memória desta noite.




Joaquim Pessoa
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...