O corpo sabe.
O corpo não esqueceu ainda 
a direção do sol
fará a casa perto do mar, 
fiel ao quase adolescente 
coração da água. 
As mãos acesas - altas, altas.



Eugênio de Andrade
17 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!