Nem tudo o que acaba aqui

Deixa de ser infinito



Edu Tedeschi/Zélia Duncan
6 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!