sábado, 14 de abril de 2012

não posso adiar para outro século 
a minha vida
nem o meu amor
nem o meu grito de libertação

Não posso adiar o coração



António Ramos Rosa
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...