desconfio!


...desconfio que a paz seja uma casinha
clara, com portas e janelas
viradas para o jardim...


Arnalda Rabelo
17 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!