Uma lamparina de azeite nunca se apaga. É uma luz que realiza sempre a função da luz – extrair objetos iluminados dos objetos apagados. 



Maria Gabriela Llansol
14 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!