A tua alma parece um filme pornô.

 Está lá tudo escancarado. 

Com gemidos e chicotes




Inês Pedrosa
17 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!