Talvez daqui a vinte anos isso seja uma diferença insignificante.

Mas por enquanto é terrível, quase um abismo.


Caio Fernando de Abreu
22 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!