Queria que um passarinho escolhesse
minha voz para seus cantos



Manoel de Barros
17 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!