Só me faltavas Tu
Para me faltar tudo






Manuel Antonio Pina
16 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!