sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Cheiro(s) ...



Quando o teu cheiro me leva às esquinas do vislumbre


E toda a verdade em ti é coisa incerta e tão vasta


Quem sou eu para negar que a tua presença me arrasta?










Jorge Palma
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...