pobres
dos que nenhuma vez olharam
ou foram olhados
assim.



Gil T. Sousa
10 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!