A gente não cansa de amar,
A gente cansa de não ser amado.




Fabrício Carpinejar
7 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!