Deus: Como eu quero paz!



Caio Fernando Abreu


‎**25/02/1996.... Caio: continua me encantando, traduzindo, e emocionando. 

6 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!