Ah, quem pode saber se não aquele cujo o coração tentou.



Lord Byron

3 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!