segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Também se pode regressar sem partir.
Não são apenas os relógios que se atrasam, às vezes é o próprio tempo. 


E todos os cuidados são então necessários. 


Há sempre um comboio que rola a nosso lado sem luzes e sem freios. 
E pode faltar-nos o estribo ou já não haver lugar na carruagem da frente






Albano Martins
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...