Sei que os campos imaginam as suas
próprias rosas.
As pessoas imaginam os seus próprios campos
de rosas. 
E às vezes estou na frente dos campos
como se morresse;
outras, como se agora somente
eu pudesse acordar.




Herberto Helder
10 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!