se nos prados daqui


eu nunca mais for vista nem achada,
direis que me perdi,
que ando enamorada,


por perdida me dei, e fui ganhada








São João da Cruz
3 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!