Se essa lua fosse minha
Ninguém chegava perto dela
A não ser eu e você 


Zeca Baleiro
4 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!