sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Quereres


Onde queres o ato eu sou o espírito,

e onde queres ternura eu sou tesão
Onde queres o livre decassílabo,
e onde buscas o anjo eu sou mulher
Onde queres prazer, sou o que dói

E onde queres tortura, mansidão...



Ah, bruta flor do querer,
Ah, bruta flor, bruta flor...



Caetano Veloso
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...