os tempos mudavam

no devagar depressa dos tempos


Guimarães Rosa
7 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!