Felizmente, à mim também,


...Onde eu não estou, 

As palavras me acham...





Manoel de Barros
10 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!