‎"Entre a escuridão do meu certo e o clarão do meu errado, restava todo o universo."




Gabito Nunes


1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!