depende das mãos (e da alma) daquele que a desfolha,


deSfolhar uma rosa
é poesia
ou prosa?




Cruzeiro Seixas
10 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!