As coisas tem peso, massa, volume, tamanho, tempo, fOrMa, cor, posição, textura, duração, densidade, cheiro, valor, consistência, proFUNDIdade, contorno, temperatura, função, aparência, preço, destino, idade, sentido. As coisas não tem paz.



Arnaldo Antunes e Gilberto Gil.
7 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!