aquilo que impregnou um homem 


na infância 


nunca mais será eliminado








Stefan Zweig
14 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!