Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Só mais tarde entendi o que procurava: queria um mar...

Queria que me quisesses certa, exacta, como o minuto onde me pudesses encontrar...

E no meu peito restou... um nó de marinheiro

Quim:

Oração de Clara ao seu jardim:

...não sei por quê acontece assim e é sem querer...