Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

uma noite longa, pra uma vida curta:

tendo a lua como testemunha, eu:

E aconteceu!

...doce é a espera, amargo é querer-te pra mim...

Coisas que não passam.

Benditos os ladrões que roubaram minhas máscaras!

...desesperança... por Quintana:

Os apegos que nos acorrentam...

Agora és livre, se ainda te recordas...

...busca...

Descansa um pouco, Minha Vida....

Das despedidas reais.... Que doem e emocionam a gente: 'Querido,...'

setembro... saudades enraizadas...

seria isso, o amor?