"tinhas realmente nome de mar
minha impossível metade mas
não tinha corpo nem alma para dar-te

Deus fez-me o reverso do que chamam homem

gosto de estátuas geladas e de antípodas
mas sabe que quando ouço o mar
peço para ti um verso que saiba tocar-te"



Pedro Sena-Lino
9 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!