Tem abismo mais profundo 

             Do que um poço de saudade?

Caio Augusto Leite.
9 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!