"se me perguntares por
que fugi, talvez te diga


que os dias contados para trás tão depressa
fazem doer o coração e
apenas acrescentam

a incomparável morte das
palavras não mais proferidas"










José Ricardo Lopes
6 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!